Este espaço tem por objetivo compartilhar aulas abertas, cursos e workshops gratuitos que abordem a Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS). 

Para sugestões e para envio de material, escreva para rebrats@saude.gov.br.

  • AULA 4 - Tema: Metanálise e avaliação de evidências em sínteses rápidas

A aula apresenta os principais conceitos e aspectos considerados no planejamento, elaboração e interpretação de metanálises em sínteses rápidas, e os critérios utilizados na avaliação da certeza do conjunto das evidências pelo sistema GRADE. O vídeo faz parte do curso de extensão "Ciência e Covid-19" realizado em parceria com a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), com o professor Airton Stein, e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com a professora ⁨Daniela Melo.

Ana Luiza Martimbianco, do NATS do Hospital Sírio-Libanês, compartilhou a aula que pode ser acessada por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=aL4QoCKWx2ko.

Dra. Ana é fisioterapeuta, mestre, doutora e pós-doutora (em curso) pelo Programa de Pós-graduação em Saúde Baseada em Evidências da Unifesp. Possui especialização em Ortopedia e Traumatologia pela Unifesp (2006) e especialização "fellow" no Rubim Institute of Advanced Orthopedics, Sinai Hospital, Baltimore, EUA. É professora de Saúde Baseada em Evidências no Programa de Mestrado Profissional em Saúde e Meio Ambiente e na graduação de Medicina da Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES), professora da Disciplina de Medicina Baseada em Evidências e membro do centro de pesquisas no Centro Universitário São Camilo, pesquisadora voluntária e membro do Cochrane Brazil, Centro Afiliado da Cochrane Brazil Network, pesquisadora na clínica Ortocity e pesquisadora voluntária no Núcleo de Ensino e Pesquisa em Saúde Baseada em Evidências e Avaliação Tecnológica em Saúde (NEP-SBEATS).

  • AULA 3 - Tema: The use of Economic Evaluations in Decision-making

A aula do curso de Avaliação Econômica de Cuidados de Saúde da Vrije Universiteit Amsterdam (VU) e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) foi ministrada pela professora da VU, Judith Bosmans e consiste em apresentar técnicas analíticas formais para comparar diferentes alternativas, levando em consideração custos e consequências positivas e negativas para a saúde. O evento foi promovido pelo Escritório de Internacionalização da UFCSPA.

Airton Tetelbom Stein, do NATS da UFCSPA, compartilhou a aula aberta que pode ser acessada por meio do link: https://youtu.be/Qe1FeCb7WoM.

Drº Airton é doutor em medicina: Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), mestre em Community Health For Developing Countries – London School Of Hygiene and Tropical Medicine. Atualmente é assessor de Internacionalização e professor titular de Saúde Coletiva da UFCSPA e bolsista de produtividade do CNPq. Foi pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UFCSPA


  • AULA 2 - Tema: Análise de custo-efetividade: estudos de casos

A aula consiste na apresentação de dois estudos de caso de análises de custo-efetividade e tem o objetivo de discutir um olhar amplo da aplicação desse tipo de estudo, para além da decisão binária de ser ou não custo-efetivo. É mostrado uma análise que traz um amplo espectro que condiciona a tecnologia em ser ou não custo-efetiva, através da criação de cenários e exploração de diferentes comparadores. O desenho do estudo é o centro da discussão para além de outros detalhes metodológicos.

Ricardo Fernandes compartilhou a aula pública da disciplina de Economia da Saúde, Departamento de Saúde Coletiva, Universidade de Brasília, que pode ser acessada por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=_ehjpJlV7Dg&t=5s.

Drº Ricardo é doutor em Saúde Coletiva pelo IMS-UERJ, mestre em Saúde Coletiva pelo IESC-UFRJ e pós graduado em Farmacoeonomia pela Universidade Pompeu Fabra - Barcelona. Possui 10 anos de experiência na área de ATS com ampla experiência em consultoria, grupos de pesquisa, no DGITIS/SCTIE/MS e como pesquisador nos NATS do INCA, INC e IMS-UERJ.

  • AULA 1 - Tema: RoB 2.0 para a avaliação do risco de viés em Ensaios Clínicos Randomizados (ECR)

A ferramenta RoB 2.0 foi atualizada pela Cochrane em 2019 e tem como objetivo a avaliação do risco de viés em ECR. Essa ferramenta é amplamente utilizada em Revisões Sistemática e também pode ser útil profissionais de saúde interessados em avaliar criticamente esses estudos publicados.

Tatiane Ribeiro, do NATS Unifesp de Diadema, compartilhou a aula aberta "Risco de viés em Ensaios Clínicos Randomizados (RoB 2 - Cochrane) - Avalie criticamente ECR", que pode ser acessada por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=s9Vz18w8ZWc&t=1657s.

Tatiane é farmacêutica clínica e mestre em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Pesquisadora da qualidade da evidência de novos estudos de drogas anticâncer e as vias regulatórias. Atualmente é pesquisadora em Avaliação de Tecnologias em Saúde pelo NATS UNIFESP-D e doutoranda em Epidemiologia pela Escola de Saúde Pública da USP. É membro da International Society for Pharmacoepidemiology, colaborando com a Real-World Evidence (RWE) Task Force.

Para elaboração dessa aula, o NATS trouxe as seguintes referências:
RoB 2.0 - Artigo publicado BMJ (2019) - https://www.bmj.com/content/366/bmj.l4898
Manual RoB 2 Google Sites - https://methods.cochrane.org/bias/resources/rob-2-revised-cochrane-risk-bias-tool-randomized-trials